ENEM/ UFPA

ENEM/ UFPA
CLIQUE NO LOGO DA UFPA

quinta-feira, 28 de maio de 2009

CONTOS MACHADIANOS - UMA SENHORA - UEPA FASE II

______________________________________________________

Será que podemos parar o relógio da vida?

Assista ao video AQUARELA de Toquinho e veja como é bela a vida em todas as suas fases. Devemos saber viver cada etapa e sem preocupações com o relógio da vida ou como diria MACHADO DE ASSIS  com os " telegramas da velhice ".

CARPE DIEM para todos






_______________________

ESTUDO CRÍTICO DO TEXTO


Uma senhora narra a história de D. Camila, que é uma bela dama comparada a uma deusa. A protagonista é casada e tem uma filha chamada Ernestina, esta apesar de já crescida tem a infância prolongada devido a vaidade de sua mãe que tinha verdadeiro pavor de envelhecer.Como não se pode deter o tempo, o que sucede é o curso natural da vida, onde Ernestina começa a arrumar pretendentes e a mãe muito "zelosa" põe defeito, em muitos, com a desculpa de querer um casamento como o dela. Certo dia D. Camila descobre o primeiro fio de cabelo branco e muito frustrada o arranca;  assim outros fios brancos surgem sendo que o terceiro coincide com mais um pretendente da filha.
Depois de muito relutar acaba aceitando o genro, embora a contra gosto. Ernestina então casa-se, e com isso vem o primeiro neto pouco tempo depois; mãe antes preocupada com a filha, agora ocupa-se do bebê. Já na condição de avó começa a fazer passeios, acompanhada de uma preta, onde leva o pequeno e demonstra excessivos cuidados deixando transparecer que seria a mãe e não a avó do mesmo.

O conto Uma senhora de Machado de Assis foi publicado no livro Histórias sem Data em 1884, ele é narrado em 3ª pessoa, com um narrador onisciente, e tem o tempo cronológico representado através da existência humana considerada no curso dos anos. Já em relação ao espaço este aparece de forma sutil, e embora  o contista não lhe de muita importância pôde se perceber que a personagem vive em contexto social onde participava de festas e também as dava. O ambiente doméstico, embora tradicional  é regado por paixão, inveja e temores.

O titulo é um problema lingüístico na narrativa, pois traz uma possível indagação de qual "senhora" o narrador estaria falando, já que, este substantivo sugere uma mulher de idade mais avançada e madura; e embora a mãe tivesse mais idade, a filha, todavia, é quem tinha trejeitos para tal. Machado, com muita delicadeza, deixa a dúvida no ar.

A análise dos nomes também é de suam importância, já que, de algum modo representa as personagens, vejamos em Camila temos : " ...associa a uma jovem e linda [...] indica uma pessoa que é competente porque executa suas tarefas com amor..." Poderíamos aqui questionar o nome da personagem, pois sabíamos que ela era linda e amava sua família, mas ao vermos o nome da filha Ernestina, que seria a antagonista, temos : " aquele que combate". Através dessa comparação pode-se perceber que os nomes poderiam estar trocados, pois a "combatente" seria D. Camila, que além de lutar contra o tempo, também existe o embate com a juventude da filha, e mesmo a jovem com toda frescor e beleza dos anos, ainda assim, a beleza da mãe a superava.

A narrativa que apresenta D. Camila aos 29 anos e a filha Ernestina aos 15,  trata das questões do tempo em vários parágrafos, como no terceiro onde encontramos: "... trepando no alazão do tempo, foi alogar-se na casa dos trintas..." . Sempre parecendo mais nova dos 30 aos 40 anos, D Camila vê-se desesperada aos 42, diante do cabelo branco que torna-se um vilão na narrativa, já que afirma as mudanças físicas decorrida com o tempo; por isso, a beleza e juventude da filha faz surgir, nessa mãe, o sentimento de inveja, agora de forma assumida.

Machado com toda sua sutileza e ironia critica alguns aspectos referentes ao universo feminino que vive da opinião de outrem; além do amor materno em via contrária dos interesses pessoais da mulher. O desejo não admitido, de não envelhecer, que por meios astuciosos, levam a personagem a efetuar comportamentos no sentido de sua satisfação caracteriza o tempo psicológico. A vaidade torna-se uma paixão escondida ou ainda inconsciente.
Diz Freud:

... a vaidade se esconde de tal sorte, que a si mesma se oculta, e ignora; ainda as ações mais pias nascem muitas vezes de uma vaidade mystica, que quem a tem, não conhece nem distingue. ( Massimi, 1984, p-107)

Isto parece ser exatamente assim que acontece a D. Camila.


Algumas características, muito peculiares, da obra de Machado de Assis podem ser verificadas no conto como a questão da perfeição, onde temos a busca, incansável, de D. Camila por beleza, de maneira que está passa a representá-la; tem-se ainda a transformação do homem no objeto do homem, pelo fato da mãe manipular e usar a filha visando seus interesses; e finalmente o bem x mal onde poderá comentar as teorias de Platão, onde a idéia do belo sempre foi inseparável da idéia do bem, o que confere um caráter positivo ao conceito de beleza. Daí a comparação feita a D. Camila a Vênus de Milo, pois a estátua procura traduzir esse conceito e trazer a noção de imortalidade, também à ambição de nossa protagonista. Já o mal aqui seria o implacável tempo ligado à idéia do envelhecimento, que para D. Camila era a perturbação.
A vaidade transcende o tempo

Grande parte das mulheres tentam retardar as mudanças físicas provocadas pela idade ou escondê-las ao máximo. A dificuldade em assumir e aceitar sua real idade atravessa séculos. Tanto nos séculos passados quanto no séc. XXI podemos observar se acompanharmos décadas que apesar da emancipação feminina alguns problemas não foram superados. O que nos leva a crer que a sede pela juventude fez parte desse universo, portanto, sendo sua natureza.

Essa preocupação não é muito presente no universo masculino curiosamente, essa inquietação muitas vezes excessiva, está inerente ao mundo feminino. Desde antes de Cristo a vaidade feminina e fonte de inspiração de muitos artistas e o objeto de estudo de filósofos. As esculturas é uma forma de se eternizar a beleza feminina, conservando o frescor da juventude por tempo indeterminado.

As madonas do renascimento, ou a própria Vênus de Milo citada no conto que tem os braços comparados aos da protagonista, é um exemplo de beleza feminina. A Vênus representa a deusa do amor e da beleza física, Afrodite, é uma escultura em mármore curiosamente teve os braços perdidos, e nunca encontrados, hoje podemos encontrá-la no Museu do Louvre na França, sem os braços. Na mitologia temos várias representantes da juventude e da beleza feminina

A própria deusa Hebe citada no conto também tem muito em comum com D. Camila. A Deusa Hebe filha de Hera e Zeus representa a juventude, deusa das noivas jovens que foi oferecida pela sua mãe a Hércules em casamento depois de este ter conseguido ultrapassar todos os obstáculos que Hera pusera no caminho para ele crescer. Assim como a Hebe, D. Camila cuidava de sua filha zelosamente. D Camila tenta manipular as pessoas em função de sua idade. No ponto de impedir sua própria filha de seguir o seu caminho.

Então caímos na afirmação feita por Nietzche sobre a verdadeira natureza humana. Vivemos numa pretensiosa mentira para parecermos pessoas civilizadas, mas na verdade ninguém foge a sua natureza. Nenhuma pessoa poderia supor as estratégias feitas por D. Camila para apresentar sempre mais jovem atendendo desse modo a uma verdadeira natureza.

A prova de que a vaidade faz parte da literatura desde muito antes de Machado discuti - lá pode ser constatada neste poema de Gregório de Matos.

Moraliza o poeta nos ocidentes do Sol a inconstância dos bens do mundo

Nasce o Sol, e não dura mais que um dia,
Depois da Luz se segue a noite escura,
Em tristes sombras morre a formosura,
Em contínuas tristezas a alegria.
Porém se acaba o Sol, por que nascia?
Se formosa a Luz é, por que não dura?
Como a beleza assim se transfigura?
Como o gosto da pena assim se fia?
Mas no Sol, e na Luz, falte a firmeza,
Na formosura não se dê constância,
E na alegria sinta-se tristeza.
Começa o mundo enfim pela ignorância,
E tem qualquer dos bens por natureza
A firmeza somente na inconstância.
(Gregório de Matos)

Eis aqui uma passagem bíblica referente a um dos sete pecados capitais:

"Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade."
(Eclesiastes 1.2)

17 comentários:

  1. Professor.. Esse resumo e comentarios me ajudaram muitooooo.. Sua pagina na internet esta show.. parabens! Glena Moura

    ResponderExcluir
  2. realmente, tembém me ajudou muito pro trabalho da escola. obrigada !

    ResponderExcluir
  3. ótimo resumo!!
    Tbm me ajudou muito, vou ter prova...!!
    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  4. Um ótimo resumo. Este seu blog está demais .

    ResponderExcluir
  5. Professor Gil, parabéns pelo seu blog, está excelente e para mim q sou recém-formada e já dando aulas d literatura, clareou e mt minhas ideias! Gratíssima :)

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Professor Gil, seu blog é excelente e p/ mim q sou professora recém-formada e já dando aulas d literatura, clareou e mt minhas ideias!
    Gratíssima :)

    ResponderExcluir
  7. esses comentarios sobre o conto me ajudarão bastante na minha redação!!!

    ResponderExcluir
  8. PROF ADOREI A EPLICAÇÃO ESTÁ TD DE BOM..
    EU JA TIVE UMA AULA SUA DE LITERATURA NO COLEGIO...E ADOREI...

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto
    me ajudou muito
    nos trabalhos de literatura
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Nossa está me ajudando bastante pois preciso responder várias perguntas sobreo o assunto e tambem passar no vestibular.

    ResponderExcluir
  11. preciso do resumo de uma senhora e de a quadrilha de jaco patacho.por favor

    ResponderExcluir
  12. Resumo bastante produtivo . De fato gostaria que os demais blogs , acerca dos assuntos tratados , tivessem metade da qualidade deste.
    Muito esclarecedor.

    Obrigado .

    ResponderExcluir
  13. muito obrigado prof. foi de muito proveito, o resumo bastante bom, seu blog entao é show. valeu......

    ResponderExcluir
  14. otimo resumo,bastante produtivo mim ajudou muito na pesquisa do colegi...obrigada

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito do resumo que postou em seu blog.Agradeço,me ajudou muito!

    ResponderExcluir
  16. maneiro esse comentario

    ResponderExcluir

ACHE O QUE VOCÊ PRECISA AQUI NO BLOG

QUE TAL SER MEMBRO DO BLOG?

COLOQUE SEU E-MAIL E SAIBA DAS ATUALIZAÇÕES DO BLOG